A Lei 13.019/14 trouxe para as organizações da sociedade civil, como o Instituto Livre Ser, a importância de agir com mais planejamento, bem como a obrigatoriedade de comprovar tempo mínimo de existência e as experiências prévias na atividade que pretendem executar, além da comprovação da capacidade técnica e operacional e da regularidade jurídica e fiscal.

Fortalecimento da sociedade civil, participação social e transparência na aplicação dos recursos são princípios que devem orientar toda organização, por isso o Instituto Livre Ser tem buscado produzir relatórios anuais prestando contas à sociedade e aos seus doadores quanto à aplicação dos recursos recebidos e aos resultados obtidos.